Chat da Rádio Municipalista Brasil

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Meu sonho

Hoje eu acordei..acordei de um sono letargico,que sonhava um sonho mágico,cheio de intensas histórias.
Este sonho,que sonhava acordado,sonhava acompanhado de imensas multidões,sonhávamos com igualdade,liberdade,fraternidade,enfim uma vida, digna de humanidade.
Vieram iluminados,liderar seus comandados, avante destemidos,ouvíamos frases bonitas,muito bem elaboradas,que ecoavam no infinito, anunciando a alvorada.
Heróis de primeiro de maio,se matando no trabalho,na luta do dia a dia,sonhavam com a utopia,mesmo tendo a luta perdida,ao entregar a vida,numa frase proferida,desta forma falam.
Ainda haverá dia,que com muita alegria,nosso silencio que agora selaram,será mais forte que as vozes que hoje nos calam.
E tu,Oh! grande amigo latino,que curou homens mulheres e meninos,em sua revolução,com uma propriedade sagaz,repetia com alegria,hay que endurecer-se,sin perder la ternura jamas.
Terá valido a pena?senor Chê,terá valido companheiro wladimir,ter dado a vida por um povo,que nem aprendeu sorrir? Os usurpadores estão aqui.
Se apoderaram do legado,de vosso sangue e suor,da liberdade tolhida,por espadas erguidas em nome de um poder imundo,impondo a povo dor e vida sem rumo no mundo.
Toda luta empreendida...toda conquista obtida...agora retrocedidas..e suas vidas..terão validas?
Outros pegaram a bandeira empunharam a história,se dissseram salvadores,disseram curar as dores,reviver todas as flores,ou pintar todas as cores,mas foram só rumores.
E o povo?Continua na miseria,desde a Grecia antiga,de Sócrates e Platão,tentaram revolução...mas oh! maldita cicuta,já ceifava o benfeitor,que só falava de amor em sua vida tão curta.
Até quando?deverá ser o homem tão cruel?Porque não transformar esta lasca de sol em um pedaço de céu?

domingo, 29 de maio de 2011

Amizade

Eu comparo a amizade,com uma flor a desabrochar,um sentimento nascendo,sem saber que rumo dar,é apenas um pré amor,nos ensinando a amar.
A amizade evolui,conforme nossas ações,pode virar amor,de estourar corações,ou pode se tornar perene,sim muito cheia de emoções,um amor de amigos,diferente de paixões.
O amor que surge de uma linda amizade,terá sempre um colorido e tom de eternidade,pois é um rio que sempre corre,com muita serenidade,sem escolher,discriminar,com universalidade.
Engana-se muitos ao viver,amizades coloridas,isso é uma especie de amor,ou paixão não assumida,ou simplesmente sexo,sem nada de compromisso,suprimento de carencia,ou ilusão,um vicio.
Existem amores fulminantes,nascidos de lindas paixões,mas são sempre extinguidos,quando acabam as emoções,isso se dá porque,falta amor de verdade,aquele que sempre nasce de uma linda amizade.
Esse é o meu conceito,do que seja amizade,não precisa concordar,pois não há unanimidade,eu jamais irei afirmar ser o dono da verdade.
Sou apenas,um simples homem,que procura seguir sua reta,ha quem diga tambem que me tornei um poeta.

Celio Rheis

sábado, 28 de maio de 2011

Conjugando

Eu..eu era apenas eu, cheio de sonhos..de planos mas apenas eu.
A procura de alguem,que pense como a mim,querendo ser amada e me dar amor sem fim
Tú..és tu, linda como uma estrela que brilha no céu azul..tu és tú.
A mulher que eu procurei,que quiz que desejei,enfim aqui te amei
Ele..ele é o amor..sentimento divino,diamante cristalino,que germina e nos ilumina.
Nos transforma em amantes,elouquecidos ou lúcidos,mas amando confiantes.
Nós..eu e voce..cheios de paixão,de amor e emoção,que bom amar voce.
Ter seu amor,é uma dádiva de Deus,presente do céu de anil,oh!estrela que brilha no coração do Brasil
Vós..sois vós,és tú e teu coração transbordando de paixão me levando ao paraíso,quando me elvove inteiro,fazendo amor verdadeiro,me me faz perder o juízo.
Eles..são eles, os elementos da natureza,o céu azul, que beleza,o mar que balança a proa,a vida feliz que vivo agora,com seu amor,que me faz rir sempre átoa

Celio Rheis

Nem sempre

Nem sempre recebemos o que pedimos..mas sim o que precisamos.
Nem sempre mostramos o que sentimos..por isso ás vezes reclamamos.
Nem sempre o céu é azul...por vezes nuvens o cobrem por inteiro .
Nem sempre a estrada é florida..nem a vida um imenso canteiro.
Nem sempre se faz o que se quer..mas o é necessario ou possivel fazer.
Nem sempre se ama como se deve...só por medo de sofrer.
Nem sempre queremos essa vida...mas temos medo de morrer.
Nem sempre entendemos a existencia..mas insisitimos em viver.
Nem sempre mantemos nossa fé...mas Deus nos ama mesmo assim.
Nem sempre tenho dito que te amo..mas voce sabe e acredita em mim.
Ah! nem sempre fóssil chega a diamante..ás vezes permanece carvão.
Nem sempre falo de amor...mas ele vive explodindo meu coração.

Celio Rheis

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Sem rotina

Acordar..com voce,depois de uma noite linda,sair para o trabalho sentindo seu cheiro ainda..vento batendo no rosto,na boca sentindo seu gosto.
Nem café irei tomar para seu sabor não apagar,tendo agora realidade e não mais a fantasia,enfim aconteceu nosso primeiro dia.
Em nossa primeira noite,usando beijos como açoite,cavalguei por relva molhada,voce em disparada,me levou ate o céu.
Oh! abelha rainha,tu serás rainha minha,como é doce seu mel,passa o dia tão comprido,sua voz em meu ouvido,me convidando para o amor,chegando a tarde enfim,voce esperando por mim,na porta ou no portão.
Chego, te pego, nos braços e nos lançamos no espaço digiridos pela emoção,sabor de mel na boca,numa viagem louca visitamos estrelas e planetas,ora voce me conduz,com suavidade e luz,ora com violencia,supre toda sua carencia,me encanta,me seduz e liberamos gametas.
Mais um tempo se passa,não sei se noite ou dia,pois a luz que eu via,emitida por voce,não me deixa nem sequer ver,anoitecer ou amanhecer.
Inebriado de amor,perdido em seu sabor ou encontrado em seu carinho,me sinto aconchegado, tão bem,tão protegido,como ave em seu ninho.
Mas a realidade é cruel,me despeja como granel na vida do dia a dia,mesmo com alegria,de coração de quem ama,preciso ira luta, de trabalho e labuta,findou o fim de semana.
Essa cena de explosão,retrata com emoção ,nosso inicio de vida real,com pés no chão,sem perder a direção,de um homem e uma menina,será mulher e eu garoto,num quarteto sem rotina.

Celio Rheis

A idade

A idade..o que é idade..é caducidade?ou numero de anos,é sabedoria,ou final dos planos?
Ah! nossa idade,uma coisa estranha,,ora criança cheia de manha,ora adulto que da vida apanha,quem faz a idade?É a terra girando contando o tempo?Ou será oregistro de todos momentos?
Cada idade,tem sua importancia,idade da inoncencia,e da ignorancia,idade do amor davida ativa,todas a idades são para que se viva.
Voce tão novinho,adolescente,vida fulgurante e resplandencente,não olhe os velhos tão displicente,eles são personagens com certa bagagem pela sua idade,fizeram passsagem.
Não voltarão,a ser jovem com toda beleza,mas já foram jovem,isso é fato real e voce jovenzinho?chegará a ser velho,com toda certeza?ou para ti é banal,saber ofinal?
E voce? velho inteligente ou simplemente envelhecido,sabe viver a vida com sabedoria?Curtindo sua idade,com alegria?Que bom chegou ,a aposentadoria.
Seja velho que envelheceu,não queira ser jovem,esse tempo passou,viva a velhiçe que enfim chegou,deixe de ser pai seja avô.

Celio Rheis

quarta-feira, 25 de maio de 2011

A vida do Poeta

O poeta renasce a cada dia,em cada palavra escrita em cada poesia,nos sorrisos de quem o lê,
nos comentarios e emoções,nas alegrias doadas a todos os corações.
È comum que se pense que o poeta não sofre,tem a imortalidade e nunca envelhece,quem ve o seu sorriso,postura do alegre moço,por muitas vezes esquece que ele é de carne e osso.
Sabia que o poeta,tem da águia a sabedoria?ao completar meio seculo,se refaz com maestria,arranca unhas gastadas para uma nova nascer,arrebenta o bico na pedra para então se refazer,completando a reforma,esta ave tão sabida,arranca as penas velhas para que outras sejam nascidas.
Assim faz o poeta,por dentro e ate por fora,deixa cair o velho,se livrando sem demora,para que tudo novo, possa renascer agora,ate um amor novo o faz suspirar toda hora.
O mundo do poeta,é feito de ilusões,de sonhos e amores,cheios de palpitações,de realidade tambem,realidade atroz,que maltrata o coração que bate tão veloz,a vida então passa a ter um algoz.
Ah! quem ve esta obra, que agora é escrita,se concentra em checar se é feia ou bonita,nem imagina sequer,de forma muito discreta,a dureza que ás vezes é a vida do poeta.
É assim enfim a vida vazia que se enche de magia,criando fantasia,que transforma o menino,tão mirrado,tão franzino,em um forte homem de aço,mais ou menos o que acontece com a vida de palhaço.

Celio Rheis

terça-feira, 24 de maio de 2011

Amores e paixões distantes

Paixões, amores distantes, cibernéticas poéticas,porem não menos amantes,sabe aquelas paixões,que começam num olhar pela web cam gelada?
Mas nos deixam com mãos suadas, queimando tudo por dentro,
vira amor desesperado, coração acelerado,batendo fora do centro.
Ah!e os olhos então brilham como faróis de uma carro veloz em busca de sua imagem,tentando imaginar o momento de registrar,o que se fala nas mensagens.

Os dedos ágeis e frenéticos digitam textos poéticos,criando a fantasia, plasmando a cena de amor que se pretende com ardor,por em pratica um dia.
Porque?Meu Deus é assim?se perto dela alguém a ama,e alguém me quer perto de mim,mas acho que a esperança,causada pela distancia,aumenta o frisson,sobe a adrenalina.
Ou será a poesia,verso poema ou prosa, que se torna mais ardorosa,vindo daquela menina,

Ah! menina pantaneira ou será uma caiçara?Sereia ou yara de estonteante beleza.
Se és uma predadora, não temas uma derrota, pois com seu olhar de luz lançou raio que seduz e já abateu esta presa.
Infelizmente, porem apesar do laço certeiro, existem os entreveros,que impedem o amor real,enquanto esse não vem,sonhamos e desejamos,de maneira virtual.
Isso é uma paixão e amor distante,da realidade cintilante.

Celio Rheis

Alvorada

Alvorada..enfim a alvorada,com os pássaros em revoada,coraçao em disparada,de saudade de minha amada.
Alvorada temporal,alvorada de alma,depois de uma noite calma,com sono,sonho,que nesta prosa que componho,relato com todo sentimento que aqui ponho.
Ah! alvorada,lá fora tão natural,mas aqui dentro boreal,em renascer espiritual captando a força do cosmo,o amor universal.
Enfim a noite passou,como um túnel sobre mim,me deixando na inércia,sono parecendo sem fim,o sol agora me aquece,o trabalho me enobrece,vou cuidar de meu jardim.
A terra agora é banhada, por cascata iluminada por linda luz e calor,saio a rua caminhando,ao trabalho pensando,naquela por quem tenho amor.
Oh! Deus agradeço,por tanta generosidade,por nos dar esse universo,cheio de gradeza,a alvorada tão linda,depois de uma noite finda e o amor de minha a amada.
Mesmo que a distancia,sua voz sem impedancia ou imagem replandecente,me enche de luz o âmago,me envolve o espirito,com seu geitinho inocente.
Realmente esta é a alvorada completa,equanto o sol nasce,me coração se complace,me fazendo sentir um poeta.
Celio Rheis

segunda-feira, 23 de maio de 2011

O tempo

O tempo..ah! o tempo.. esse incrivel agente..ás vezes complacente,mas por vezes implacável.
Deixa a vida acontecer,florir,crescer .subir,descer,ate envelhecer e morrer.
Mas tambem cura feridas,ate aquela bem doída ,profunda,parecendo insuportável.
Muitas vezes culpamos o tempo por tudo,pelos cabelos brancos,pelas rugas no rosto,pelos tombos ou mesmo pelos desgostos.
Esquecemos que temos o tempo,para cada coisa na vida,para plantar a semente e ver a terra florida.
Temos o tempo de escolher,o que queremos colher,escolha bem a semente,para não se arrepender.
Já dizia um moribundo,em seus ultimos momentos,respondendo a uma visita que lhe fez um questionamento.
O que tu pensas de tudo, que esta te acontecendo?porque será que a vida te pos nesta situação?
A resposta foi imediata sem sequer reflexão,ninguem colhe maçã,tendo plantado limão.
Eu acredito que o tempo,não é herói nem carrasco,somos que nossa vida em fiasco,querendo que o tempo faça o que é nosso dever.
Deixamos para pensar na vida,só na hora de morrer,fazer balanço de tudo de nossos atos,de nossa tragetória,masa ai é impossivel,mudar o final da historia


Celio Rheis
Obs:essa é dedicada a meu finado primo:José Divino,que proferiua frase acima alguns
dias antes de sua morte em um hospital do SUS com cancer no esôfago

sábado, 21 de maio de 2011

Estrelas, Sóis e amor

Nem sempre é preciso olhar o céu,para ver estrelas,nem o sol para vera luz ou sentir calor.
Muitas vezes temos na terra estelas que nos liminam,nos aquece e dá amor.
Nem sempre o que buscamos, esta tão longe ou virtual
Pode estar ao alcance e ser muito mais que real.
Antes de de novas conquista,devemos zelar pelo que temos e esta á nossa vista,
Porque buscar ás vezes distante amor e carinho se podemos te-los tão pertinho?
É claro que o novo nos encanta,nos envolve em magia,trazendo emoções que a muito,não se sentia,
mas todo novo um dia será velho e ai?vamos ficar eternamente nesta busca muitas vezes doentia?
É estranho me ver falar assim,logo eu amante de aventuras,mas é preciso falar com franqueza,sinto falta de candura,amor carinho sincero,sentimento de verdade,afinal não será isso a felicidade?
Por tanto voce que gosta,de encantar com magia,e tambem diz se encantar com lindas poesias,pare pense,avalie que o amor,sentimento encantador,mas precisa interpretar,entender sua grandeza,para não cair se machucar.
Não que ele derrube ou machuque,cause dor ou coisa igual,é que de tão bonito que é, o ansiamos,buscamos,queremos,demaneira natural,nos enganamos ás vezes,e enganamos tambem,pensando dizer amar,podemos ferir alguem.
Embora quem ama nem sempre,saiba o que esta fazendo,age como criança feliz brincando,gritando correndo,com os olhos brilhantes de luz,como uma flor florescendo

Celio Rheis

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Seu dia..

Hoje é seu dia minha querida e amada...acompanhei os primeiros passos de sua estrada.
Quantas vezes..sorri com voce,hoje a distancia faz o coração doer,
mas sou feliz,por saber te bem,peçoa Deus que te proteja tambem.
Suas primeiras palavras,,meus ouvidos gravaram,as primeiras musicas de ninar,de minha boca ecoaram.
Ah! menina linda,anjinho de minha vida,não pense que a qistancia te faz por mim esquecida,cada onda que balança,cada estrela que brilha,me faz lembrar de voce,minha tão amada filha.
sei que ainda vai crescer,um dia se tornar mulher,mas jamais esqueça este pai ,que tanto bem lhe quer.
Um dia escrevi em uma tábua"Beatriz seja feliz" ,não foi da boca pra fora,foi meu coraçao quem quiz
Te amo filha,voce e suas irmãs.

Celio Rheis

quinta-feira, 19 de maio de 2011

O Jardineiro e a rosa

Oh! linda rosa,tu que inspira poesias e trovas,que inspira a mim tambem.
Oh! linda rosa,saibas que me perfuma a vida,sem ti,não sou ninguem.
Oh! bela flor,que a muitos encanta,que representa prova de amor,
tu es tambem a razão de minha existencia,da minha sobrevivencia.
Já aprendi,que es parte de mim,,dependo de ti assim tambem precisa de meus cuidados.
Quando durmo sinto teu cheiro,mesmo tendo a doçura de seu aroma o dia inteiro acordado,está impregnada em mim espalhada em meu corpo,,em meu pensamento,enfim em todos meus afazeres.
Obrigado linda rosa por me dar inclusive o meu pão de cada dia,com minhas mãos enfiadas na terra tratando seu canteiro.
Enfim é voce quem me alimenta.es tu que alimenta esse pobre jardineiro.

CelioRheis

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Vem...

Vem...me de a mão,vamos perder o juízo,caminhar pelas nuvens,encotrar o paraízo.
Vem..esquece as barreiras,vamos amar sem limites,sem respeitar fronteiras,
deitar na relva num profundo enlace de almas..amando amando e anjos batendo palmas.
Sair sem rumo anadando bobeira.depois de tanto cansaço nem suportando a tonteira,cansaço gostoso,tonteira saudável de paixão interminável.
Rasgar nossa fantasia...assumindo a realidade..sentir real prazer com muita felicidade..destilar nosso aroma..misturado com o das flores...colhendo a emoção de mistura de cores.
Ah! e o céu?o céu se abre para gente, como uma casa se abre para a criança inocente,afinal em que pecamos?nesta cena de amantes?apagando o fogo que queima num calor tão sufocante?
Não ..não há pecado em desejar,amar,afinal para que a vida?senão tambem para gozar?
Vem..vamos viver o amor..mais bonito que há no mundo com intesidade imensa e o que vem lá do fundo.
TE AMO
Celio Rheis

Pobre menina apaixonada

Pobre menina apaixonada,não tão menina,mas tão apaixonada
Não tão pobre,mas tão apaixonada, o que a faz tão inspirada.
Tem o coração em disparada,ao pensar em seu amor.
Na pele arrepios,calor,um desejo incontrolável
De fazer o probido,porem realizável,e se explodir, flutuar.
Pobre menina,acalme-se um dia terá seu momento,segure sua emoção.
Seu amor ainda virá,te pegará nos braços,adentrando seu regaço,te fazendo delirar.
Acalentando seus sonhos,alimentando seu prazer,te dando enfim a alegria de viver.
Eu sei,que tudo que sente,é muito forte,tão quente,parece queimar as entranhas.
Mas, é só um pouco de tudo que ainda virá,nesta vida cheia de manhas.
Ah! menina,menina,ainda ontem era criança,nem sabia destas sensações.
Um brinquedo,uma boneca,era tudo para sorrir e se sentir feliz.
Porque agora,se apavora?se despera,estoura,sem saber ate o que diz?
Quase tudo que sente,é coisa de sua idade,a cada momento da vida,
Mudamos nosso conceito,do que é felicidade.
Desejo,prazer,amor,tudo isso misturado,faz parte do nosso eu,
São energias que nos movem,a fazer sentir maravilhas,todas permitidas por Deus

Celio Rheis

terça-feira, 17 de maio de 2011

Oh Gentle Butterfly






Tradução do português para inglês

Oh Gentle Butterfly
Oh! smooth butterfly, I remember when flying.
With that beautiful smile, smile when they landed.
Oh sweet butterfly with colorful wings.
That landed me smiling, I ilumnando life.
Oh! soft butterfly, which flies by other ares.
Always remember me and love me when remembering.
Oh! smooth butterfly, wandering in the wilderness.
Take with you always, all my heart
Oh! smooth butterfly for this sky of indigo blue.
You remember our moment ago, which landed you smiled?
Oh! smooth butterfly, go, fly as you want.
That one day we will still be only a man and woman

Oh mariposa suave


¡Oh! mariposa suave, recuerdo que durante el vuelo.
Con esa hermosa sonrisa, la sonrisa cuando aterrizó.
¡Oh dulce mariposa con alas de colores.
Que aterrizó me sonríe, me ilumnando vida.
¡Oh! mariposa suave, que vuela por otras áreas.
Siempre acuérdate de mí y me ama al recordar.
¡Oh! mariposa suave, vagando en el desierto.
Llevad con vosotros siempre, todo mi corazón
¡Oh! mariposa suave para este cielo de azul índigo.
¿Te acuerdas de nuestro momento, hace que aterrizó le sonrió?
¡Oh! mariposa suave, ir, volar como desee.
Que un día todavía será sólo un hombre y una mujer

El amor ... ¡Oh! el amor


Amor ... sólo conoce el amor, que mamá y me encanta, así que y te garantizo puede.
Que ama, perdona, entiende, aprende, entiende que ser amado y la gente en general.
Porque el amor es un estado de ánimo, que en condiciones equivalentes a casi angelical, sólo que hacer y ser felices como niños.
El amor estimula las luchas de la vida cotidiana, por lo que nosotros nunca perder la esperanza, que le gusta ver el mundo colorido, el cielo más bello de la brillante luna, finalmente, que ama, pero no ve diamante de carbón.
El amor es la energía que mueve todo en el universo, en esta planta, en la mirada de mar vento.no en el tacto de las manos, la piel y el corazón.
¿Quién te quiere, sin miedo, secretos acciones, cosas tristes y cosas bellas, aquellos que realmente el amor es para siempre con pasión infinita.
Que ama no depende de ser amado, o una serpiente o sentimientos de lealtad, porque sólo el hecho del amor, que es la felicidad.
El amor .. ¡Ah! El amor, lo siento sexy, maravillosa para sentirse muto bueno, que ama es feliz de vivir, jugar sonriendo.
Por lo tanto, sólo el que ama a quién y quién ha amado, puede saber qué es el amor!

Love ... Oh! love


Love ... only know love, that mama and I love, so I know and I can guarantee.
Who loves, forgives, understands, learns, understands to be loved and to people in general.
Because love is a state of mind, that in conditions amounting to almost angelic, just know where to do and be happy as children.
Love encourages the struggles of everyday life, making us never lose hope, who loves to see the colorful world, the sky more beautiful the moon brighter, finally who loves but does not see coal diamond.
Love is the energy that moves everything in the universe, in this plant, at sea vento.no look at the touch of hands, skin and heart.
Who loves you, fearless, shares secrets, things sad and beautiful things, those who truly love is forever with infinite passion.
Who loves not dependent on being loved, or snake feelings or loyalty, because only the fact of love, it's happiness.
Love .. Ah! Love, feel sexy, wonderful thing to feel good muto, who loves is happy to live, play smiling.
It is thus only one who loves whom and who ever loved, can know what love is!

My hours


My hours are so races when I'm with you, even if virtual.
My hours are pretty when I'm with you, this dream real.
My hours are long trite and without you, in solitude.
My hours becomes tormentor mistreating my heart.
Transforms my hours looking for you, even in the frame
My hours are hot, with your love, your warmth and tenderness.
My hours seem so lonely eternity when finally I will have happiness?
I spend my hours, sometimes like a meninosem judge.
My meparecem things with my love of paradise

Minhas horas

Minhas horas são tão corridas quando estou com voce, mesmo que virtual.
Minhas horas são lindas quando estou com voce,neste sonho real.
Minhas hora são trites e longas sem voce,na solidão.
Minhas horas se transforma em carrasco,maltratando meu coração.
Minhas horas se tranforma olhando para voce,mesmo na moldura
Minhas horas são gostosa,com seu amor,seu carinho e ternura.
Minhas hora tão sozinho parecem eternidade,quando enfim terei a felicidade?
Minhas horas eu passo,ás vezes como um meninosem juizo.
Minhas com meu amor meparecem coisas de paraiso

Então....

Então te conheci,me fascinei,me iludi,me a paixonei.

Então te amei,minha vida coloriu,meu mundo floriu,e eu me entreguei.

Então fomos dois,vivemos felizes,toda harmonia,com tanta alegria,com todas matizes.

Então eu fiz planos,sonhei longos anos,que o amor imperava.

Então o sucesso,fiz grande progresso,como profissional.

Então todo amor,com tanto explendor,com brilho bonito,parecia infinfinito,Parecia.

Então a magia,tão linda que havia,não mais existia e o meu coração cheio de emoção,se explodiu então.
Então minha vida,antes tão florida,cheia de alegria,hoje murchou,se tornou tão vazia.

Obrigado

Obrigado,sol pela luz e calor quem ilumina e aquece,me tornando caliente.


Obrigado,ar que respiro e me injeta vida a cada momento.


Obrigado,lua que me ilumina as noites com luz resplandencente.


Obrigado, mar que me fornece os peixes,mais saudável alimento.


Obrigado,plantas,matas,flores por embelezarem a natureza.


Obrigado,amores que povoam minha mente.


Obrigado,a voce que me ofusca com toda sua beleza.


Obrigado,por esta luz que emite naturalmente.


Obrigado, universo por toda esta engenharia explendorosa.


Obrigado,por manter cada coisa em seu lugar.


Obrigado,por esta coisa maravolhosa.


Obrigado,Deus por fazer tudo isso e nos dar


Obrigado

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Si..

Si es la vida un sueño,quiero sonhar con usted.
Si sonhar es vivir,quiero sonhar con usted.
Si amar es querir,yo quiero usted.
Si querir es amar,yo amo usted

On the big stage

On the big stage
On the big stage, we interpret, live and exist in large characters, or simple human beings.
We Arabs, Europeans, knights, ladies, mercenaries, querreiros and Romans.
We saw the war of Troy, the death of Socrates, the conquests of Cyrus and fall of Napoleon.
We were in castles, big gala balls, we were in caves, nomad camp and slept on the floor.
We saw the birth countries, peoples being wiped out, beautiful stories of love, Cupid in action.
We also saw the universe in constant metamorphosis, creating and destroying planets.
We saw human evolution, a great mixture of races with the sum of gametes.
We were in charge of major historical moments, coups and revolutions.
Bailamos large concerts, doing big performance, winning hearts.
We Arabs, odalisques, priests, pastors, or sultan.
We also cinganos monks live in China or Japan
Anyway, we all wanted to be, everything we could be, although it might not appear.