Chat da Rádio Municipalista Brasil

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Meu primeiro amor

Meu primeiro amor...terá sido amor?ou apenas ilusão?meu pequeno coração vivia uma explosão de sentimento e emoçao.
Tanto tempo passou,a lembrança ficou,do tanto que amou aquele menino,tão pequenino,um pedaço de gente,era felicidade na flor da idade,daquele adolescente.
Como era possivel,num tempo tão distante,os pequenos amantes,foram separados,por pais ignorantes,sem alma pensante.
Mas a vida seguiu,sem muita cor,tentativas de amor,muito se feriu,o menino cresceu,evoluiu,mas seu amor primeiro nunca mais ele viu.
Pensando um dia,ter fantasia,quase se perdeu,por muita ironia,quase destruiu,quem a vida lhe deu,
ah! mas o menino agora,homem feito chora,de arrependimento,pede perdão ao seu coração e promete curar todo ferimento.
Descobriu o sugeito,que o amor em seu peito,tem a dona ao lado,nunca mais vai buscar,amores distantes em cavalos alados.
A tecnologia,é muito bonita,é maravilhosa,mas causa desdita,se não nos precavemos,sempre sofremos uma dor infinita.
O primeiro amor..na vida de um homem é sempre marcante,mas pode ter certeza,que o ultimo amor,absolutamente é mais importante

Celio Rheis

Um comentário:

carmen disse...

Ehhhhh!!! amigo poeta....O PRIMEIRO AMOR SERÁ ETERTNAMENTE LEMBRADO!!!!!!!
CARMEN LÚCIARE