Chat da Rádio Municipalista Brasil

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Eu te conheci

Eu te conheci,me entreguei,me envolvi,aos seu pés,me joguei,cai,soltei o freio de mão.
Balancei minha estrutura,abria as janelas de minha alma e a porta de meu coração.
Mergulhei no azul de seus olhos,um azul tão bonito,como quem mergulha no infinito.
Me encantei com seu sorriso,só via vida a seu lado,me senti no paraizo.
Nossas almas se entrelaçaram,em todas dimensões se casaram,nos transbordando os corações.
Ah! minha eterna amante,serei seu amor neste instante,e em todos os quadrantes,deste oude outros mundos,viverei eternamente este amor tão profundo.
Te dedico estas palavras tão singelas de agora,que tenta retratar nosso amor de hoje e de outrora,assim como no futuro, seremos luz reciprocas iluminando nossos escuros
É dádiva divina,poder amar e ser amado,pelos meandros das vidas deste momento e dos passados,não sei prever ainda as cenas vindouras,mas creio perdurará essa paixão avassaladora.
É amor e não paixão,já é diamente e não carvão,é sentimento lindo impresso no coração,é tatuagem na alma que reflete a emoção.

Celiorheis

Nenhum comentário: