Chat da Rádio Municipalista Brasil

Rádio Municipalista Brasil

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Eternamente amada

Eu queria não falar,de coisa fenomenal,de conjunção astral, de encontro sideral,mas como explicar nosso amor?Sentimento sem igual,nascido tão potente,se barreiras sem receios,sem sequer se dar conta que é de forma virtual.
Esse lindo sentimento,imponente,destemido,semeador de energia,nos envolve em magia,tornando nosso caminho mais cheiroso mais florido,fazendo o dia a dia sem rotina e colorido.
Palavras são pequenas e insuficientes,para poder expressar o que acontece com a gente,é algo muito estranho,esquisito incomprendido,desta vez não foi a flexa,mas a lança do cupido,que atravessou nós dois,nos fazendo tão unidos.
E agora,minha musa?Que fazemos minha fada?Vai me deixar aqui?Minha linda chapeuzinho,venha agarrar seu lobo,não o deixe tão sozinho,venha logo me amar,me encher de carinhos.
A vida era tão comum,sem graça e tão vazia,ate que voce chegou,me trazendo alegria,alimentando minha alma,a acobrindo de fantasia,vamos nos amar esta noite, deixar nascer o dia,chegando 24 horas nesta linda sintonia.
É uma viagem incrivel,uma aventura louca,almejar seu abraço,me lançar no espaço em busca de sua boca,querer sentir seu corpo,sua pele arrepiada,já queimando de amor,respiração alterada,me ame minha fada,que neste momento sublime,será tambem amada,eternamente amada.

2 comentários:

Cre disse...

Doce Poeta,
Veio de sei de onde...irá não imagino para que lado...mas a sua presença, o seu calor envolvente leva-me para onde o seu coração fôr
beijo
Cre

Anônimo disse...

Suas poesias me inspiram, são lindas e em algumas me vejo dentro delas!!!
Vc está de parabéns, q vc tenha muito suscesso...um abraço.