Chat da Rádio Municipalista Brasil

domingo, 29 de janeiro de 2012

Venha Bella

Venha Bella, saiamos um pouco da tela,vamos viver a vida pintada em aquarela,olhar juntos a natureza,que beleza,queres caminhar?Amar,faremos tudo com certeza.
Lá vamos nós de novo,no meio do povo ou da multidão,com uma voz rouca coração na boca,cantando essa canção.
A canção do vento,que lembra momentos de intenso prazer,não importa a era tu sois Bella, sou fera,vamos nos pertencer,nos amar,nos ter.
Me dê sua mão sinta o meu coração,a tamanha emoção,parece a estourar,a magia da brisa,que suave desliza,ao sabor do mar.
Será sonho?Deliro talvez,ou embriaguez?Será realidade essa felicidade a me proporcionar,se é real vou viver,sentir o prazer a me flutuar,se for um sonho,acordarei tristonho,não quero acordar.
Oh!Bella,saia da tela,tela ora amiga,ora cheia de intrigas,venha cai na real,em sentimento constante amor de amantes,esse amor colossal.
Linda paisagem ainda, com vistas infindas que tanto nos apraz, o mar grande espumoso,onde o amor tão gostoso,magicamente se faz.
Venha Bella,saiamos da tela.
Celio Rheis 29/01/2012-15:50

Um comentário:

MARES disse...

Dois unidos em um

Você esta em minha visão
Pode sim ver o que eu vejo
Você vê com meus olhos
Se eu fechá-los você fecha também

Somos dois unidos em um
Tudo que sinto você senti
Os meus desejos são seus também
O meu segredo é você

Não precisa procurar
Não precisa tentar entender
Basta apenas ver
Olhar dentro de você
E me encontrará
E se procurar em mim
Aqui você estará.