Chat da Rádio Municipalista Brasil

domingo, 28 de outubro de 2012

Plataforma fria


Plataforma fria..
Ali naquela plataforma fria em começo de dia você já me aguardava,seu ônibus que estava atrasado,chegou ate adiantado  por que a pé eu andava.
Mas os metros  que nos separavam pouco a pouco se  findavam,pois passo a passo eu chegava.
Telefones ligado, corações acelerados enfim nossos  olhos se encontraram, sem sequer uma palavra,apenas com a paixão transbordando o coração,nosso corpos se abraçaram.
Foi lindo o nosso dia,colorido em fantasia enfim o amor se fazia,claro em todas cores,todas formas de amores,que sentimos a gente queria.
Passeio na calçada pelos jardins de mãos dadas,como que tarde encantada!Mas tudo tem seu fim nosso tempo se encerrava como num conto de fadas.
O dia se acabava e aquela plataforma fria,novamente nos esperava e ali com tristeza,já sentindo saudade,nos declarávamos juras e para sempre a felicidade.
O ônibus chegou, depois de muitos beijos você me deixou,era o fim de um lindo dia,ali naquela plataforma fria,que de manhã você me aguardou

Celio Rheis

Um comentário:

Claudinha Carbone disse...

linda poesia meu anjo adoreiii
bjssss