Chat da Rádio Municipalista Brasil

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Cantinho do Poeta: Escravo do amor

Cantinho do Poeta: Escravo do amor: Escravo do amor
Hoje acordei pensando em voce como todas as manhãs,senti saudades de seu beijo,seu delcioso sabor maçã..pensei porque?A distancia entre nós?Não posso ouvir sua voz,porque viver assim?Voce tão longe de mim?
Sai ate seriamente disposto,tentar esquecer seu gosto,seu rosto sua imagem,pensei assim comigo,hoje eu não ligo,não vou telefonar,mas ao sair á rua,caminhar pensando sozinho,imaginando seus carinhos,observei casais,se olhando,se beijando,quando vi estava ligando,telefone tocando.
Ao ouvir-te do outro lado,fico ate emocionado,que fazer?Estou apaixonado,estou de quatro arriado,faça de mim o que quizer,quero ser se homem,ser seu menino,pois voce é meu destino,a minha linda mulher.
Voce me faz ser assim,uma especie de arlquim,um palhaço ou humorista,sou homem serio lutador,um velho transfomador,um magico alquimista ou simplesmente alguem que só sabe querer bem,um amante ou masoquista.
Que fazer,se me cativou?Desde o dia que me amou,simplesmente me escravizou?Agora sou seu,eternamente seu,seu escravo do amor,esse amor que me incendeia,me abosrve,me envolve na teia,te amo ate quando me chicoteia.
Amor perfeito,daquele que explode o peito,faz a cabeça voar,nos faz sair do centro, coração crescendo lá dentro,nos fazendo flutuar,parece que vamos voar

CelioRheis 10/12/2011-15:10

Um comentário:

Claudinha Santos disse...

amor eu te amooo mtooooo ñ quero q seja meu escravo só quero que ame cm eu te amooo bjssss mil I LOVE YOU