Chat da Rádio Municipalista Brasil

sábado, 4 de janeiro de 2014

Somos hoje e sempre

Ontem eu queria ser,queria fazer e acontecer,mas ser não conseguia,fazer nada fazia e nada acontecia,porque eu não tinha voce. Hoje eu poço e faço,grito,trabalho evoluo até carrego voce nos braços,voce me dá poder,me faz ser e acontecer. Se ontem eu era apenas um menino,um pobre sonhador,vagueando por caminhos incertos por matas ou desertos sempre em busca do amor. Hoje sou um homem,um imenso gigante,seu cigano afoito,seu insaciável amante,escrevo,grito falo de amor a toda hora todo instante. Sou forte,posso buscar a lua se for preciso,posso delirar ate perder o juiso,mas consigo te levar aos céus ao paraiso. Sou louco?Claro loucura por amor é pouco,se acordado te amo,se dormindo em sonhos te chamo,estamos sintonizados vinte e quatro horas,porque nos amamos. No futuro,ainda longe bem longe no futuro,haja frio,calor esteja claro ou escuro,nosso amor será sempre nosso porto seguro. Porque somos assim se sou tudo para voce,es tambem tudo para mim,se és a rosa eu sou o cravo ou jasmim. Celio Rheis

Nenhum comentário: