Chat da Rádio Municipalista Brasil

Rádio Municipalista Brasil

domingo, 23 de fevereiro de 2014

Eu me sentia velho....

Ainda ontem eu me sentia velho,não tinha as dores de hoje,não tinha ainda os cabelos brancos,mas me sentia velho. Ainda ontem eu tomava diariamente remédios dos mais variados para me manter,pois me sentia velho,cheio de incapacidades. Ainda ontem quem vivia comigo,me chamava de "velho",claro se até eu me sentia velho! O tempo passou,meus cabelos branquearam,algumas rugas chegaram,mas não uso mais os remédios continuos,a mulher com quem vivo,é bem mais nova que eu,porém não me chama de velho,porque certamente não sou velho,não me sinto velho. Claro limitações surgiram,mas outras qualidades apareceram,me descobri mais homem que antes,porque não mais me sinto velho. As fraquezas desapareceram,os sonhos reacenderam,os horizontes se descortinaram,porque agora sou um homem,não mais aquele velho,que se sentia velho. Não perco mais as oportunidades,não mais fico perdido num canto abandonado,chorando a condição de velho,doente,porque não sou aquele doente e velho,hoje vivo o que não vivi,hoje sorrio o que não sorri. Hoje amo,como nunca amei,não mais choro como já chorei,cada dia é mais uma oportunidade de viver,de amar,de sorrir. Eu me sentia velho,ate porque pessoas me faziam sentir velho. Eu realmente me sentia velho. Celio Rheis

Nenhum comentário: