Chat da Rádio Municipalista Brasil

Rádio Municipalista Brasil

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Ontem eu estava ai...

Ontem eu estava num canto sem incomodar, sem mesmo falar, não reclamava nem pedia sua atenção. Você não percebia minha presença, minha angustia, minha dor afinal você não conseguia se desconcentrar do jogo no computador ou tirar os olhos da televisão. Não não estou cobrando nada ou jogando na cara apenas lembrando que o choro agora não vai adiantar, se eu já tiver passado o portal não poderei mais voltar. É assim a vida é assim que priorizamos nosso valores, nossas importâncias, porque ser carinhoso, ser dócil se podemos gritar agir com ignorância. Eu vivi grande parte de minhas várias décadas de vida sendo grosseiro, estúpido, desatento, mas ao longo destes anos aprendi a ser meigo a tratar com carinho e com amor. Talvez mesmo assim eu mereça ter sua ausência, ser trocado por joguinhos, filmes enfim sentir sozinho minha dor. Estava envelhecendo eu sei, meus cabelos brancos a cada minuto me lembrava, minhas dores corpóreas a cada ai me denunciava. A cada minuto eu partia, sentia a travessar o espelho da vida, só você não via, não você não se tocava. Só quero te lembrar, que ontem eu estava ai... Celio Rheis

domingo, 24 de janeiro de 2016

Linda borboleta

Por quantos lugares passei quantos caminhos percorri. Em busca de carinho em busca do meu amor. Sonhando em te amar, caminhado em busca de ti. Agora que te encontrei só quero ter seu calor. Não abro mão de você quero sempre você aqui. Venha linda borboleta, minha fada colorida. Transforme tudo a minha volta em um mundo encantado. Venha fazer-me feliz colorindo minha vida. Deixe-me dormir em seus braço e acorde ao meu lado. Quero ser seu anjo te fazendo protegida. Não pense que o que escrevo é apenas poesia. É um recado explícito ao seu nobre coração. Quero deixar a realidade rasgar nossa fantasia. Te amar na cama, no sofá ou até mesmo no chão. Deixando o dia passar, entrar noite nesta paixão. Celio Rheis

Principe que se perdeu

O príncipe se perdeu...o sonho morreu e agora?Seu futuro escureceu? Ele chama em vão, seu pai,sua paixão, ninguém responde, que imensa solidão; É cedo, alvorada de uma era,a caravana não espera, só fica você e seu coração. Solta o peito em gritos faz ressoar no infinito ou pelas pradarias,o céu agora é sua meta, grande e jovem poeta, diga adeus á soberania. E agora soberano? És tu e este oceano, oh! Pomposo e eterno cigano, oceano de paixões, lindas ilusões, inúmeras recordações, comemorações?Sim a ultima ficara em sua memória, marcará sua história. Depois de muitas andanças, muitas vidas, muitas danças, tanta vida em pujança, muito palcos longe da vida cigana, eis que surge a caravana, será? A sua caravana? Você grita, ate o seu lenço abana, mas ninguém te ouve na caravana. Não tema, um dia acabarão seus problemas, sua angustia, sua luta interior,pois encontrará sua gente e também seu amor e poderá gritar,festejar, ei gente sou eu, o príncipe que se perdeu, não sou mais soberano, mas sou eu, demorei, mas acho que cheguei na hora certa, não sou mais príncipe, mas sou ainda poeta. Celio Rheis 07/01/2012-12:44

Como está nossa visualização neste momento

Visualizações de página por país Gráfico dos países mais populares entre os visualizadores do blog Entrada Visualizações de página Estados Unidos 428 Brasil 242 Alemanha 40 Espanha 18 Portugal 18 Irlanda 8 Austrália 2 França 1 México 1 Rússia 1

Vamos cavalhar?Deixe-me cavalgar?

Quero cavalgar esta fera fazer com que deslize em pradarias. Suba montes de prazer e vales de paixão. Fazer realizar o amor como prega a poesia. E ao final da noite, ver saciada a sede aliviado tesão. Deixa palavras desconexas, entrar por seu ouvido. Como se fossem flechas diretas ao coração. Fazer-te então relaxar até perder o sentido. Ver escorrendo em lavas ao explodir seu vulcão. Oh!Musa,oh!Diva indescritível mulher. Sou apenas seu vassalo, seu escravo ou algo assim. Te sirvo, te embalo te acaricio, faço o que você quiser. Não perca tempo então tome logo posse de mim. Sonhei alto por você viajei estradas sem fim. Pisei chãos espinhos, caminhei por valies tenebrosos. Mas sempre visualizando um lindo mundo um maravilhoso jardim. Por onde caminhar contigo beijando seus lábios brilhosos. Vamos cavalgar?Deixe-me cavalgar? Celio Rheis

Ultrapassemos fronteiras

Ultrapassemos fronteiras, não apenas as físicas que separa um país, mas as fronteiras da mente que nos impedem se ser feliz. Rompamos com os dogmas, ensinamentos sem sentido pregados por igrejas, para nos manter detidos. Vamos viver a liberdade, liberdade de pensamento neste ninguém se mete, não há censura ou impedimento. Voemos por espaços proibidos jardins de imensas delicias, deixemos a mente voar perdidos em nossas caricias. Somos apenas eu e você o universo é pequeno, nosso mundo em nebulosas onde o amor é pleno. Sejamos amados plenamente amantes, vivamos a eternidade em espaços de instantes. Vem me dê a mão, se solte nesta paixão, vamos voar o mundo feche os olhos de emoção deixe o vulcão explodir no fundo. Celio Rheis

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Quando sonhamos

Quando sonhamos plasmamos o que queremos buscamos no infinito com materiais sutis formatar a realidade. Sonhamos ás vezes sozinhos vagueando por caminhos sem ter mesmo perspectivas. Mas quando sonhamos juntos ainda que distante estamos, sonhando realizamos a nossa felicidade. Pois ai somos dois, juntando o antes e o depois, somados ao presente, superando expectativas. Assim a vida se expande se torna tão imensa, tão bela e colorida como em outra dimensão. Cai por terra todos os medos, desaparecem segredos, confidencias só mesmo entre o casal. Explode o sangue nas veias cada vez que nos sentimos, cada vez que nos encontramos bate forte a emoção. Quando a distancia é lembrada nos deixa em tristes momentos nos fazendo passar mal. Mas em poucos instantes a vida se faz então colorida, lembramos que somos um uma só alma e um só coração. Por isso minha amada diva, não deixe que o tempo te esquiva, lembre-se é sempre preciso sonhar. Pois sonhando nos tonamos amantes, estando juntos ou distantes, nossas almas estão ligadas. Nada impede que amemos, sem medo sem preconceito este coração foi feito exclusivamente para te amar. Mesmo que o dia e a noite, nos separem como açoites, nossas almas estão sempre sendo amentes e amadas.

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Este seu sorriso

Este sorriso é tudo que preciso,preciso como combustível para alimentar minha inspiração para escrever minha poesia, compro minha canção. Este sorriso é a luz que me ilumina, é tudo que me fascina me dá animo para viver, essa imagem de menina é o que me faz crescer. Eu vejo tudo que preciso neste rosto estampado em sorriso, me lembra um anjo, me faz sentir no paraíso, vejo a loucura que me faz perder o juízo. Essa imagem angelical, coisa de anjo transcendental, que emana a energia universal,o verdadeiro amor sideral luz que apaga todo mal. É assim que me deixa indeciso, não sei se amo ou apenas preciso, só sei que não sei viver sem este sorriso. Celio Rheis

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Nossa visualização neste momento

Estados Unidos 299 Brasil 151 Alemanha 34 Espanha 10 Irlanda 9 Rússia 2 França 1 Itália 1 México 1 Portugal 1

Venha Bela

Suave é a noite

Vivamos nosso momento

Venha

Voa coração

Encontro

Rotina de amor

Passa tempo

Foi assim

Lua de mel

Quero te amar..

Quero ser..

Viver para mim

Big ben do amor

Minha amada

A musa e o poeta

O amor está no ar

Quando eu não falar

Vidas dividas

Alô..

Oh!Manhã linda manhã

Se Queres me amar

Eternamente amada

Minha fada

Navegador

Batalha do amor

Janela do amor

Minha apresentação em áudio

Nossa página no Facebook

Peço a gentileza de acessarem e curtirem nossa página no face https://www.facebook.com/poetadoamorcygano/

O poeta e o politico

Queridos amigos embora no meu caso o poeta e o politico esteja na mesma pessoa, vou tentar uma separação como tenho vários blogs neste aqui me aterei apenas á poesia. Farei postagens que tratem de politica apenas em outro blog que repaginarei para este fim e no Facebook também na página especifica como a de Celio Rheis-Politico, na municipalistajacarei e na municipalistasaopaulo. Preservando assim o direito da pessoa que queira apenas poesia encontre apenas poesia, a que goste apenas de politica encontre apenas politica e a que goste de ambas vá aos espaços de cada assunto. Obrigado pela visita e podem comentar aliás por gentileza comentem as postagens aqui,vou ficar grato. Beijos e abraços a todos Celio Rheis

Estamos sendo vistos até em Singapura neste momento

Visualizações de nosso blog neste momento Brasil 73 Estados Unidos 60 Espanha 5 Alemanha 3 Rússia 2 Irlanda 1 Itália 1 México 1 Portugal 1 Cingapura www.poeta58.blogspot.com

Não podemos perder tempo..

Muitas vezes a gente perde, por não falar o que sente. Coisas que são tão normais,mas nos causam tanto medo Medo de cair no ridículo ou de que alguém comente. E deixamos algo tão simples, virar um imenso segredo Então deixamos de lado lá em nosso consciente. Porém com o passar do tempo aquela pequena semente. Parece que se transformar em um pequeno arbusto E lá no fundo da alma, vai crescendo latente. De repente cresce enfurece, quase nos mata de susto Descompassa o coração e confunde nossa mente. Mas a vida é muito bela muitas vezes condescendente. E trás lá do passado coisas que havíamos perdido. Nos joga assim de impulso bem na cara da gente. Ficamos desorientado, com cara de menino crescido. Com tamanha dádiva divina retornando ao nosso presente. Não podemos perder tempo...

domingo, 17 de janeiro de 2016

Contar o tempo

Contar o tempo é fácil no tic tac da máquina ou na velha ampulheta. Dificel é segurar meu coração ao lembrar sua silhueta. Marcar as horas ou dias, meses em um calendário. É muito mais fácil que tirar voce de meu imaginário. Percorrer distancias imensas marcadas em velocímetro. É muito mais dificel ao te ver controlar este meu ímpeto. Ser poeta, escritor, brincar com as palavras enfim. É muito mais fácil que lidar com este sentimento em mim. Vai oh!Briza fria da noite, vai oh!Vento da aurora. Levar minha alma felina que por uma águia chora. Vem oh!Ventos de longe, venha Oh!Briza distante. Traga-me a bela águia, para se fazer minha amante. Celio Rheis

O coração da mulher

O coração da mulher é uma caixa de segredo, onde uns plantam amor outros enchem de medos. É uma jóia pedra preciosa que nasce já lapidada, para manter seu brilho só precisa ser amada. É um poço de bondade, uma fonte de candura, só perde quem maltrata esta incrível doçura. Mas não subestime sua força sua capacidade de amar, a mulher quando quer sabe receber e dar. A mulher é como a rosa, não brinque em seu caminho ela tem a textura da pétala, mas a agudez do espinho. É dito ao longo da história, da grande e poderosa mulher em toda cena importante ela se fez mister. Sou fã incondicional deste ser angelical, que para virmos ao mundo é ela quem abre o portal. Este ser inigualável transcende tempo e espaço, mas se derrete inteira por um beijo e um abraço. Porém não se iluda homem pensando que a pode domar, não é voce quem a escolhe, ela que escolhe seu par. É assim em tempos de paz é em tempos de guerra, ela com sua delicadeza sutilmente domina a terra. Prosto-me a seus pés,oh!minha majestade, rainha da beleza deusa da felicidade. Celio Rheis

Diva maravilhosa....

Oh!Diva maravilhosa, arvore frondosa do amor, sua flor tem lindo cheiro sua fruta delicioso sabor. Desde a primeira vez que minha vista te observou, meu sangue todo ferveu, meu coração palpitou. Minhas emoções afloraram, minha pele se eriçou, meu ser se tornou grande minha alma se embriagou. Es pepita lapidada pela própria natureza,joia rara sem igual de incomparável beleza. Me lembro então a primeira vez que de relance te vi, parecia um anjo celeste se materializando ali. Meus olhos te enxergavam, mas fingiam nem te ver, meu coração te queria mas não podia querer. Foi algo indescritível mistura de sentimento, coisa de pele, tesão ou paixão de momento. Era uma coisa estranha dificel de explicar, um reles mortal paralisado vendo aquele anjo passar,realeza. Outras vezes te vendo, sentido a coisa crescer,coração descompassava cabeça a enlouquecer. Precisava enfim fingir, ser um hábil ator para não dar bandeira daquele impossível amor. Sua luz me iluminava cada vez que eu te via, minha vida ficava bela meu mundo se coloria. Nunca mais te esqueci pode estar certa que não, estará sempre guardada aqui em meu coração,tenha certeza. Que as estrelas do céu sempre possam te iluminar, que aumente seu brilho por onde você passar. Que os anjos celestiais, a mantenham sempre brilhante, para que seja a inspiração deste humilde poeta amante. Não deixando de ser jamais a preciosa pepita esfuziante,que ofusca e faz vibrar como o mais puro diamante. Terás sempre um vassalo, um fiel protetor,oh!Um dedicado escudeiro um Poeta do Amor,oh! Alteza. Celio Rheis