Chat da Rádio Municipalista Brasil

sábado, 24 de junho de 2017

Eu não tive voce

Ontem eu vi voce,ontem eu quis voce, mas ontem eu não tive voce. Eu sorri com voce, brinquei com voce sonhei com voce. Ontem eu andei de mãos dadas e até abraçado com voce. Ontem eu brinquei na piscina com voce, brinquei no mar, nas ondas com voce. Mas por mais que tivesse vontade mais uma vez eu não tive voce. Terá sido um sonho, uma visão?Um brincadeira de meu coração querer ter voce? Menina mulher, moça ou o que seja qualquer, piração de cabeça, mas eu quis ter voce. O tempo passou, coração acalmou, o desejo amenizou, mas não acabou, quero ter voce. Sua imagem, miragem na mente, talvez inconsciente, não sai da mente, sempre voce. A vida continuou, o sonho não se realizou, lá na imaginação tenho sempre voce. Nada Muda meu caminho, mas não esqueço seus carinhos ainda desejo voce. Sonho inextinguível, realidade inacessível, amor impossível pois não posso ter voce. Porque ter o passado é presente, coração incandescente, e essa lembrança de de voce? Se nosso tempo passou, nosso desejo não se consumou e eu não pude ter voce. Celio Rheis

Nenhum comentário: