Chat da Rádio Municipalista Brasil

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Quando..

Quando o sol te aquecer com seus raios magicos tocando cada canto do seu corpo..seus poros aquecendo seu interior,lembre-se de mim,te enchendo de amor,te banhando de suor.
Quando a brisa tocar seu rosto,voce linda sentir na pele meu gosto,minha lingua a te sentir,te degustar,vc inteira a se arrepiar....
Veja o restante no livro "O Amor em Poesias"
http://www.clubedeautores.com.br/book/121285--O_Amor_em_Poesias

Celio Rheis 27/12/2011-13:35

Um comentário:

MARES disse...

'''QUANDO CHEGAR...'''


Num fervilhar louco de sentires e quereres ofegantes profundos, paras por ums momentos a translação dos nossos mundos.
Sais numa correria, de alma genuína, de corpo escorrido de transpirares gritantes e com um grito forte, declaras que me amas, abalando todas as moléculas do meu ser.
A alma foge-te louca e destemida, as palavras embatem apaixonadas no meu ouvido.
Os teus olhos expressivos perfuram-me à alma na medida que me desnudam.
Espalhas pelo meu corpo beijos sentidos, toques que me queimam a pele, olhares de desejo que implantas em mim.
Sabes o quão sou tua, sabes como me dar vida assim como sabes como ma tirar.
No meio da loucura, da dança exibida dos nossos corpos, cometes um homicídio, matas-me em ti e logo a seguir suicidaste em mim.