Chat da Rádio Municipalista Brasil

sábado, 14 de janeiro de 2012

E você se foi..

E agora eu sozinho,novamente no caminho,buscando amor e carinho,onde esta sua mão?Vai me deixar perder a direção?E esse vazio no meu coração? Você já se foi....
Você chegou,me envolveu me amou e agora onde está?Não se vá nosso tempo acabou?E a fantasia?A alegria,toda aquela magia?Nada daquilo existia? Você se foi...
Eu aprendi que a seu lado sou feliz,viver contigo é tudo que sempre quis,seu jeito criança falando de esperança.seus olhos brilhando quando esta amando,mas você se foi....
Falar de amor,agora é dolorido,com o peito inchando,coração sofrido,cadê o nosso mundo colorido?Vida vazia,agora o amor é poesia,sim conheço e falo do amor em poesias, você se foi....
E o mundo mágico,nossa maneira própria de amar?Nossas brincadeiras a beira mar,nossos sorrisos ao acordar,beijos e abraços,nossos delirios ao sonhar,não vamos mais delirar, você se foi...
Nossa linda amizade,amor,felicidade,que saudade,vida cheia de aventura,mil coisas mil loucuras,brincadeiras loucas,chocolates na boca,lindas cenas de nós dois e você se foi..
Você se foi,nossa vida separada,divididas nossas estradas e agora minha amada?Nunca mais?
nossas mão serão dadas?Que pena que dor,que saudade, você se foi

2 comentários:

Anônimo disse...

CUIDADO A SOLIDÃO NÃO FAZ BEM,AS VEZES O AMOR ESTA AO SEU LADO E VC POR IGNORANCIA E VAIDADE PODE PERDE-LO POR SO VER SEU EGO,AS PALAVRAS TEM A FORÇA DE MOVER MONTANHAS,DE CRIAR GUERRAS ,DE APAZIGUAR CORAÇÕES,LAMENTA-SE PELO QUE JA FOI E SO UM MEIO DE FAZER QUE TENHA AUTOPIEDADE,PARE,OLHE,ESCUTE,MAS PRINCIPALMENTE ABSORVA TUDO.
BOA SORTE.UMA AMIGA

Anônimo disse...

REFENS DO AMOR

Soltou minha mão, me perdi de você.
Alguém me encontrou, minhas lagrimas secou,
Meu medo passou, meu coração acalmou. Eu voltei a viver
Reencontre seu caminho, não tens que andar sozinho
Faça como passarinho, em outro galho, em outro ninho
E assim terás carinho...
Sim....o amor existia, eu era feliz , eu sorria
Mas como a plantinha,que sem os cuidados do dia-a-dia
Aos poucos morria e só você não via
Não lamente o ocorrido, guarde o que foi vivido
Aprenda a dar sentido, por que nada está perdido
Nada é por acaso, o acaso não existe,
Levante,faça, aconteça,sorria,ame outra vez
Não quero te ver triste, alguém ama você
O mundo continua colorido, nada mudou,aguce os sentidos
E verás que o amor, só está escondido
Esperando em seu coração, o momento para ser vivido
A magia existe e é eterna, os sonhos e delírios
A amizade e a aventura, O amor não é loucura,
Nos olhos todo o brilho
Abra seu coração, estenda sua mão,
Apanhe uma flor, de a com amor
Faça sorrir alguém, não importando a quem
Pois onde há o sorriso o Amor se faz refém
(inelde)